sexta-feira, abril 06, 2007

Ela Me Faz Bem

Aí, ela me faz é bem, sabia?
Aquela pele, aquele cabelo
Todo cheiro, toda poesia,
Tudo que vem dela é muito bom,
Ela me faz muito bem

Quando tou longe, é nela que penso
Quando tou perto, também
É tanto querer que chego a pensar
Se nos seus poros não vou poder penetrar
Fundindo os dois corpos pra sermos um só

Se pudéssemos, estaríamos juntos em cada segundo singular,
Sem ter medo de enjoar, e assim digo sem temer assustar
Porque é assim também do lado de lá
Ela pensa igual, eu sei, ela já me disse

Esse amor, do ponto de vista de muitos, é esquisitice,
Depois de tanto amor de confusão, ela só me fez melhorar
Eu, que antes não via os outros, comecei a ver tudo,
E os outros me vêem mais, e eu visito as pessoas,
E eu me importo mais, e eu me abro mais,
E eu aprendo mais coisas legais,
Das que não são aprendidas lendo

Eu amo, é isso que importa
Quando ela chega, meu coração se esquenta todo, feliz
Quando ela se vai, eu sei que ela virá novamente,
Essa mulher me deixa tranqüilo, apesar dos defeitos,
Os defeitos dela são tão engraçadinhos...
Dos meus eu já não sei falar, mas ela diz que dá pra aturar

Parece que ela sempre foi da minha família
Todo mundo a adora, e ela também a todo mundo
Olha só, quanta coisa boa aconteceu
Até agora, valeu, valeu mesmo,
E parece que vai valer sempre,
Porque quando meço o esforço, a medida é zero,
E a recompensa é um maná

Amar essa mulher é um presente de Deus
Com quem aprendo mais intensamente na vida o que é existir.


Um comentário:

Emmanuele disse...

Carambaaaa!!!
Vou chorar!! Que lindo meu amorrrr!!!
Amei a poesia, amo estar com vc, amo seus conselhos, amo vc atrapalhadinho...hihihih!!!
Amo e amo!!!
Te amo!
Beijinhos,
Manuzinha