quinta-feira, novembro 10, 2005

Carinhoso (Pixinguinha e João de Barro)

Meu coração
Não sei porque
Bate feliz, quando te vê
E os meus olhos ficam sorrindo
E pelas ruas vão te seguindo
Mas mesmo assim, foges de mim

Ah! Se tu soubesses
Como sou tão carinhoso
E muito e muito que te quero
E como é sincero o meu amor
Eu sei que tu não fugirias mais de mim

Vem, vem, vem, vem
Vem sentir o calor
Dos lábios meus
À procura dos teus
Vem matar esta paixão
Que me devora o coração
E só assim então
Serei feliz, bem feliz


Dessa eu gosto ;)

2 comentários:

P disse...

O problema é que poucos acedem a esse chamado. Muitos temem e mesmo rejeitam a felicidade que pode advir de um gesto como esse... e preciso muita coragem pra ser feliz.

Rodrigo Santiago disse...

Oh, yeah!
Bjs :)