quinta-feira, novembro 10, 2005

Pena




Não sou muito mais bruto do que costumava ser
Só não perco mais meu tempo com afetos desentendidos
Mas se me abrir a janela, vou ofuscar meus olhos
Vendo aquela antiga luz entrar

Procuro entender tudo diferente dos outros
Tudo pra me ajustar, feito um esquizofrênico
Vejo a realidade que me sara da maneira que me convém

Não me diga que estou errado
Porque há muitas outras coisas boas
Que advém deste meu novo modo
Apenas perceba que não há outra maneira
Pois a praxis me tornou esta nova pessoa que conhece

O mundo vai se dar, girar e girar, e eu sempre serei puxado
Para dentro deste ralo
Somente por isso, preciso nadar.


Safe Creative #0802200438641


5 comentários:

Nina Thunder disse...

Evoluções são feitas de várias formas, para vários lugares. Não há a maneira certa, nem o destino certo.
É escrever a história da melhor forma possível.
Começando bem, esperamos terminar bem.
Né ?
Muito legal esse post.
Bjs bjs bjs e bom fds !

P disse...

Nossa! Acho que nem sei comentar isso...
De qualquer forma, é sempre bom não ficar parado no tempo. Se os ponteiros do relógio correm e você permanece... algo de errado deve haver. Mude sempre. Deve ser melhor ser uma borboleta por uma miséria de semana e depois perecer do que se arrastar por toda a vida como uma inepta lagarta.

Rodrigo Santiago disse...

Você já perguntou pra todas as lagartas o que elas preferem?

Nina Thunder disse...

...Tem vezes que não temos escolhas...só uma...se é que UMA alternativa pode ser chamada de "escolha"...enfim.
Estou um tanto sensível e mau humorada. Não sei se comentar sobre escolhas me cabe hoje.
Bjssss

Daiane disse...

Eu acho que eu conheço essa foto!