terça-feira, junho 14, 2005

Genialidade Condensada

Essa foi da Chris. É cada uma que me aparece...

"Quando você se casar vai perceber que algumas vezes se sente casado com um dos seu pais."


E essa foi do Guilherme:

"O tempo passa,
e com graça
a idiotice diminui."



Tomem nota!

7 comentários:

Guilherme Martins Costa disse...

Hahaha, pois é...
Valeu.

Guilherme Martins Costa disse...

Ih, tens uma foto do Íñigo??? Hahaha!!
Irado, cara é divertido.. aliás, ele é TEU amigo, né? Esqueci, lembrava apenas que era amigo de alguém.
Relaxa, a idiotice vai passar.. aos poucos.

Guilherme Martins Costa disse...

Pô, isso aqui já ta ficando cheio, hehe.
Cara, vi uma citação lá embaixo, neste blog mesmo, e encontrei um erro.

"Seja dissonante. Não espere, no entanto, que sejas único."


Discordo. Cada ser é único. Acho que funcionaria melhor se fosse adicionado um atigo definido para "único".

Ficaria assim:
"Seja dissonante. Não espere, no entanto, que seja o único."

Não sei se "seja" e "sejas" entram em harmonia, entre si, no mesmo contexto.

Ah, uma coisa.. é de quem essa citação? Sua?

Abraços!

Rodrigo Santiago disse...

Pode crer... Essa história de "único" é muito pessoal. Papo pro próximo encontro, eu te explico. Mas você já conhece uma parte dele. O sentido não é de ser "o único dissonante". Mas de ser único mesmo, diante de um contexto um pouco reduzido. Tipo, partes de pessoas podem ser consideradas iguais, às vezes.

Exemplo meio simplista: duas pessoas têm olhos azuis. São dissonantes no nosso contexto social (a cor azul não é comum), mas não são os únicos olhos azuis.

O lance é: por mais que você possa se sentir único, você não é insubstituível.

Eu achava que "Seja" fosse a segunda pessoa do imperativo: "seja tu". Mas não, essa é a terceira. Procurando no Google, vi que é "sê tu".
"Que sejas" é segunda pessoa do subjuntivo: "que tu sejas".

Poderia ser:

"Sê dissonante. Não espere, no entanto, que sejas único." - Concordando com o pronome "tu".
Ou
"Seja dissonante. Não espere, no entanto, que seja único." - Concordando com o pronome "você" (conjugado sempre como terceira pessoa do singular).

Você tá certo, essa frase tá errada. É minha sim, e obrigado por chamar atenção ao fato, Gui, vou corrigir ;)

Rodrigo Santiago disse...

O Iñigo. Figurinha. Essa foi tirada no dia do show do Hermeto, quando descemos e passamos no Pires pra beber umas :)

Guilherme Martins Costa disse...

Vou postar o da idiotice e creditar a NÓS DOIS.

Outra coisa, bem diferente:

"Senhor, o povo está revoltado, não tem comida, está doente!, Dê a eles então festas, jogos, lutas em arenas que eles se distraiam e fiquem com a ilusão da felicidade!, Senhor, que tal se incentivássemos os jogos de futebol? Poderiam, além disso tudo, tornar o nosso país de terceiro mundo um país internacionalmente conhecido!, Isso, dê a eles também ídolos, para acreditarem em algo, sem revoltas..."

Rodrigo Santiago disse...

Hahahaha! Vai creditar a idiotice a nós dois?? hauehueahuheuhauhuahae!! Gostei da ironia na frase :P